Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Tentação

Tu que me querias lançar as garras,

Que despropósito ou leviandade,

Liberto estou dessas amarras,

Eu que prezo tanto a liberdade.

 

A liberdade espiritual

No meu rebanho terei presente

Cativo estou, não te quero mal

Nunca cederei, só se demente.

 

Perdoa-me, sou bom cristão,

A Deus pertenço, é meu caminho,

Dá outro alento ao coração,

 

Encontrarás um outro ninho,

Sê consciente na reflexão,

Vai! Não te percas passarinho!

publicado por Carlos Pereira às 21:39
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. ...

. O Moinho Velho

. Casa de pedra e barro rui...

. Mulher

. Só mente Abril

. Nenhures

. Cem anos a salvar vidas

. Rebeldia de amor

. Rescaldos

. Tentação

.arquivos

. Outubro 2016

. Março 2016

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Julho 2014

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds